Apostilas | Sinai: Benção ou maldição? | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  Sinai: Benção ou maldição?

Sinai: Benção ou maldição?

É comum encontrarmos nas igrejas o mito Sinai. A idolatria ao monte Sinai cada dia mais tem crescido entre os Cristãos. Esta idolatria, além de puro misticismo, tem sido algo muito lucrativo para as religiões. Muitas pessoas têm sido induzidas a fazerem grandes sacrifícios para terem seus pedidos de oração "levados ao monte Sinai", por pensarem que ali Deus ouvirá suas orações.

 

Mas será que o monte Sinai pode trazer alguma benção na vida de uma pessoa?

 

Vejamos o que nos ensina a Palavra de Deus, em (Gálatas 4:21-30).

 

Ora, Hagar é o monte Sinai, na Arábia, e corresponde à Jerusalém atual, que está em escravidão com os seus filhos. Mas a Jerusalém lá de cima é livre, a qual é nossa mãe ...

 

Está evidente que o monte Sinai além de não trazer nenhum beneficio para vida do Cristão ainda leva a pessoa a estar debaixo de escravidão. E como alguém que está debaixo de escravidão pode oferecer libertação para as pessoas?

 

Por isso, Jesus nos esclareceu: Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.

 

Existem pessoas fazendo correntes de libertação, campanhas do monte Sinai para se livrarem de vícios, doenças e problemas em geral. Mas como isso será possível se a palavra de Deus mostra que o Sinai leva para escravidão.

 

A verdade é que estas coisas são obras da lei, porque envolvem símbolos, sacrifícios e conforme está escrito em (Gálatas 3:10-13).

 

 Todos os que são das obras da lei, estão debaixo de maldição e pelas obras da lei ninguém será justificado diante de Deus, pois o meu justo viverá pela fé.

 

E aí, não importa se uma pessoa pratica ou não as obras religiosas, somente o fato de estar num lugar onde o Sinai é venerado, está debaixo de maldição.

 

É comum encontrarmos pessoas com o argumento, que as coisas que são doutrinas dos homens ou da lei que são pregadas na igreja que frequentam, elas não praticam, considerando estarem assim corretas diante da Graça de Deus.

 

Contudo, quero frisar que toda igreja forma um corpo, portanto se esta prega as obras da lei, todo membro deste corpo estará debaixo de maldição. Assim, uma pessoa que já diz conhecer a Graça de Deus e que está congregando num lugar que se prega coisas; tais como: a idolatria por coisas ou lugares, como monte Sinai, o agir do diabo, as campanhas, votos, sacrifícios, cerimônias, rudimentos, etc., está debaixo de maldição, pois a igreja é um só corpo, por isso independentemente de praticar ou não, os que são das obras da lei estão debaixo de maldição.

 

Certa feita uma mulher disse á Jesus: Nossos pais adoravam neste monte; vós (os Judeus), entretanto, dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus.' Mulher, podes crer-me que a hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Mas vem a hora e já chegou em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que seus adoradores o adorem em espírito e verdade.  Jo 4:20-24 Observe que está claro que Deus é Espírito e IMPORTA, que seus adoradores o adorem em Espírito e verdade.

 

Hoje, o Espírito de Deus está em você, portanto, não adore em montes. 






Voltar