Apostilas | Os espinhos na carne | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  Os espinhos na carne

Os espinhos na carne

Texto: II Co 12:7-10 "Para impedir que eu me exaltasse por causa da grandeza dessas revelações, foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás, para me esbofetear. Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim. Mas ele me disse: "Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza". Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte.”

 

As lutas que enfrentamos durante a vida são como espinhos e, enquanto estivermos neste mundo, teremos que lidar com eles. Às vezes nos ferimos por conta própria, e às vezes, Deus permite sermos feridos para nos disciplinar. Você pode se perguntar: "Se Deus é um Deus de amor, por que Ele permite que nós nos machuquemos com os espinhos? Por que permite que sintamos dor?" A verdade é que Deus prefere nos ver momentaneamente “tristes” perto Dele, do que sorrindo longe de Sua presença.

 


Deus respondeu a oração de Paulo? Sim, Ele respondeu! Ele sempre responde as nossas orações. Às vezes Ele responde com um "sim", e outras com um "não". E mesmo que Ele te diga um "não", isso também quer dizer "sim", pois o Senhor sempre tem o melhor para nossas vidas! Um dos motivos pelos quais temos que enfrentar problemas (espinhos) é que eles nos levam à oração. Antes de ser preso, Jesus orou três vezes pelo mesmo motivo: Que bom saber que a vontade de Deus prevaleceu!

 

Jesus sofreu por um breve momento, mas ressuscitou ao terceiro dia e nos trouxe o perdão, cura, libertação e salvação. Isso só foi possível porque Ele dependeu do Pai em todos os momentos. Assim como Jesus, devemos estar dispostos a ouvir (e aceitar) qualquer resposta. Tudo o que precisamos é da Graça de Deus. Ela é suficiente, ela nos basta. A Graça do Senhor nos ajuda nos nossos momentos de fraqueza.

 


Paulo sentia prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, etc. E o discípulo de Jesus deve ser assim. O cristão passa por lutas, por problemas, mas é feliz de verdade, porque sabe que o Senhor está o conduzindo sempre em triunfo. Quando você entende os benefícios das provações, você consegue tirar os olhos do problema e enxergar o amor de Cristo por você no meio da provação.

 

(Tiago 1:2-4) "Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma".

 


CONCLUSÃO: Aprenda a depender de Deus. Quando os espinhos vierem, lembre-se de Provérbios 3:5-6, que diz: "Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas".

 






Voltar