Apostilas | Leis esternas de Deus | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  Leis esternas de Deus

Leis esternas de Deus

O ser humano ao longo do tempo vem transformando as verdades bíblicas em conceitos humanos. Na realidade o homem quer que Deus venha se habituar as suas ideias, que Ele veja o mundo como o ser humano vê o mundo e que Ele aceite toda a “evolução” que o homem tem vivido. Mas existem normas trazidas por Deus que se forem alteradas trarão eternamente angustias e sofrimentos ao ser humano. Observe a seguir, alguns preceitos mudados pelos homens que estão gerando tribulações na vida dos filhos de Deus.

 


1. A LIBERDADE DA NOSSA JUVENTUDE

 


“Alegra-te, jovem na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem o seu coração e agradam os seus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas. Afaste, pois, do teu coração o desgosto e remove a dor, porque a juventude e a primavera da vida são passageiras. ” (Eclesiastes 11:9-10) Tudo começa na juventude.

 

Como estamos cuidando dos nossos jovens? A sociedade da atualidade, mudou a educação bíblica e colocou seus conceitos de educação atual. Pais que sofreram quando eram crianças e não querem que os seus filhos passem pelo que enfrentaram no passado, optaram por uma educação diferente para seus filhos. Desta maneira, estão criando filhos ingratos. Quando Deus tirou Adão e Eva do jardim do Éden, criou uma regra imutável. “...do suor do seu rosto comerás o teu pão...” (Genesis 3:19)

 

Se você quebrar essa regra e criar um filho que tenha tudo sem derramar uma gota de suor sequer, Deus vai cobrar de você a quebra dessa regra. Quando você cria um filho assim, você está criando uma pessoa que no futuro a sociedade cobrará dele um alto preço, pois não vai querer trabalhar, e será uma pessoa eternamente ingrata, pois na sua juventude teve de tudo, sendo assim, tudo que fizerem para ele no futuro, não chegará aos pés do que seus pais lhe deram causando nele um grande sintoma de ingratidão e frustação. Se você quer dar muitas coisas para seus filhos, pode dar, mas faça com que eles sejam merecedores da sua recompensa.

 


2. A EMANCIPAÇÃO DA MULHER

 


“...o seu desejo será para o teu marido, ele te governará. ” (Gn 3:16) A liberdade da mulher foi uma das coisas mais maravilhosas da nossa sociedade. Hoje uma mulher trabalha, ajuda a manter o lar, cuida de um país, administra uma empresa, enfim a mulher alcançou sua liberdade. Isso é maravilhoso, desde que não se esqueça da regra bíblica. (Colossenses 3:18-25) “Mulheres sejam submissas ao vosso marido...” Infelizmente a mulher com a sua emancipação, abandonou a submissão tornando-se ela o cabeça do lar e assim criando um lar com duas autoridades coisa quase impossível de dar certo.

 

Numa pesquisa realizada por cientistas de todo o mundo, provou que 75% das mulheres são sentimentais, enquanto os homens 75% são intelectuais. Deus já fez isso pensando no homem que teria que usar de seu intelecto para trazer sustento para casa e a mulher que teria sentimentos para ser uma boa mãe e ser a parte amorosa da família. 

 


3. A VIDA SEXUAL

 


Enquanto no passado mais distante 80% das pessoas principalmente as mulheres se relacionavam com alguém que amavam, hoje as pessoas nem sabem se gostam ou não, e já estão se relacionando sexualmente, é o famoso “ficar”. Jesus é comparado a noiva adornada para seu esposo (Ap 21:2), ou seja, aquele que se guardou para a sua amada. Por mais que as pessoas tenham necessidades fisiológicas, e o sexo é uma delas, tudo que é feito sem amor a vida cobrará seu preço no futuro. Por isso, que muitos chamam sexo de “amor” pois deve ser feito com a pessoa que amamos.

 






Voltar