Apostilas | As bases espirituais | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  As bases espirituais

As bases espirituais

Texto: “Ora, disse o Senhor a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção! Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Gn 12.1-3).

 


Introdução: Deus chamou a Abraão e lhe fez promessas, mas para que estas promessas se cumprissem em sua vida ele teria que destruir totalmente as bases humanas e carnais que estavam travando sua vida. Abraão era o pai de uma grande nação em potencial, mas para que isto se tornasse uma realidade de fato em sua vida, ele teria que aprender a tomar decisões corretas embasadas na Palavra de Deus. 

 


Abraão não nasceu pai de uma grande nação de fato, ele o era em potencial, mas as suas decisões e atitudes corretas é que fizeram dele o pai de uma grande multidão e o pai da fé.

 


Todos nós somos mais que vencedores em potencial; temos vida abundante em potencial, somos prósperos em potencial, mas há um caminho entre o ser em potencial e o ser de fato.

 


Para que as bases sobrenaturais se estabeleçam nas nossas vidas e as promessas de Deus se cumpram em nós precisamos saber que:

 


Toda estrutura humana carnal precisa ser abandonada.


Todo princípio bíblico precisa ser observado.

 

 

1. O perigo de convivermos com bases humanas

 


a) Viver uma vida conflituosa (Gn 13.1-13) - Enquanto Abraão ia crescendo para fazer a vontade de Deus, ao seu lado crescia também aqueles que estavam com ele, embora Deus não desejasse a prosperidade deles, pois cobiçavam o mundo. Isso fica claro nesta passagem bíblica onde observamos que Ló, sobrinho de Abraão embora tivesse prosperado muito, não merecia essa prosperidade, tanto é verdade que depois a perdeu completamente. Uma pessoa que faz conflitos ela pode te perturbar muito e tirar seus focos espirituais.

 


b) Perder o foco espiritual. - Quando se enfrenta aflições desta vida, seja em casa, no trabalho, nas finanças, etc, e a pessoa se deixa levar pela preocupação, imediatamente ela perde o foco espiritual, pois resolver o seu problema passa a ser mais importante do que servir a Deus.

 


c) Ficar aquém dos propósitos de Deus. (Ex.Moisés) As dificuldades enfrentadas por Moisés o  levou a ficar aquém dos propósitos de Deus, pois ele permitiu que os problemas com a obra de Deus influenciasse em sua fé. Quantos pastores, obreiros e até membros decaem da graça por permitirem que as dificuldades interfiram em sua vida espiritual.

 


d) Perda da motivação espiritual e ministerial – Você conhece pessoas que um dia foram dedicados cristãos, mas hoje estão totalmente distantes de Deus?

 

A perda de motivação de fazer algo para Deus como também de continuar crendo no Senhor é a conseqüência daquele que vive com bases humanas (carnais). 

 


e) Troca da fé pelo racional - Essa é consumação da morte espiritual a pessoa já não crê mais em nada, por isso abandona Deus, o ministério e tudo mais.

 

 

2. Como estabelecer as bases espirituais?

 


a) É necessário abandonar os pecados morais e ministeriais - Temos que colocar em nossas mentes que só uma coisa interessa, a qual é fazer a vontade de Deus. O mundo passa, a glória dele também, junto com o mundo passam o dinheiro, a fama, a beleza, a casa, enfim só as bases espirituais que permanecem para sempre.

 


b) Deixar ser tratado pelo Senhor como o fez Maria (Lc 10:38-42).

 


c) Cuidar melhor de si mesmos -  É importante aprender a discernir os momentos em que Deus quer tratar conosco e receber a disciplina e direção dada pelo Senhor. 






Voltar