Apostilas | A parábola do semeador | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  A parábola do semeador

A parábola do semeador

Texto: Mateus 13:3-23

 

Uma parábola é uma história, uma narração alegórica que contém algum ensino moral. Jesus falava por parábolas para mostrar os princípios. Ele repetia com frequência a frase: “quem tem ouvidos para ouvir ouça.”

 

Os discípulos não entenderam muito bem a parábola, muito menos a multidão. Mas os discípulos perguntaram e Jesus explicou. “Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado.” Jesus queria encontrar corações receptivos e abertos; que queriam compreender de fato. Ouvir é diferente de escutar.

 

• Ouvir: Prestar atenção, ouvir com entendimento, dar atenção

 

• Escutar: Entendimento superficial, perceber através da audição A semente é a Palavra de Deus. O semeador é quem anuncia a Palavra de Deus. O solo é aquele que ouve a Palavra. A semente é boa. O semeador não é o problema. O problema está no solo. Nesta parábola identificamos quatro tipos de solos:

 

 

1) Mateus 13:19 “A todo o que ouve a palavra do reino e não a entende, vem o maligno e arrebata o que lhe foi semeado no coração; este é o que foi semeado à beira do caminho”.

 

• O maligno rouba a palavra. (Pessoas más que se levantam contra a Palavra de Deus)

 

• Ouve de mal grado, não aceita (Pessoas que vão à igreja só para criticar ou contradizer o que é pregado. Não chega a se converter)

 

2) Mateus 13:20 “E o que foi semeado nos lugares pedregosos, este é o que ouve a palavra, e logo a recebe com alegria; mas não tem raiz em si mesmo, antes é de pouca duração; e sobrevindo a angústia e a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza”.

 

• É aquele que ouve a palavra e fica animado, alegre, mas não tem raiz em si mesmo (convicção, firmeza)

 

• Não tem convicção própria, não experimentou a Jesus verdadeiramente.

 

• Não tem fé em Jesus (no fundamento), tem fé na fé dos outros.

 

• Não tem experiência própria. Pouca duração e na hora da provação se desviam.

 

3) Mateus 13:22 “E o que foi semeado entre os espinhos, este é o que ouve a palavra; mas os cuidados deste mundo e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e ela fica infrutífera”.

 

• Chega quase a frutificar, mas não frutifica.

 

• Não LIMPA A VIDA e as ervas daninhas sufocam a Palavra. “É a Palavra de Deus que limpa o coração”

 

• Está dividido entre a Lei e a Graça. Está dividido entre Jesus e si mesmo. “Não podeis servir a dois senhores...” Mateus 6:24 Fica infrutífera. A Palavra de Deus é o instrumento, mas quem tem que arrancar os espinhos é você.

 

4) Mateus 13:23 “Mas o que foi semeado em boa terra, este é o que ouve a palavra, e a entende; e dá fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta”.

 

• Ouve e compreende. Recebe - não é presunçoso, soberbo, não acha que já sabe.

 

• A palavra não pode ficar só na mente, ela tem que penetrar no coração. A nossa fé é uma chave poderosa que abre as portas da Graça de Deus. " ... pela graça sois salvos, mediante a fé...". E esta fé tem que estar apoiada em algo sólido, firme, absoluto; que é o Senhor Jesus Cristo.






Voltar