Apostilas | A candeia que ilumina os homens | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  A candeia que ilumina os homens

A candeia que ilumina os homens

Texto: Marcos 4.21-25 “Jesus continuou: Por acaso alguém acende uma lamparina para pôr debaixo de um cesto ou de uma cama? Claro que não. Para iluminar bem, ela deve ser colocada em lugar próprio”...

 


Introdução: A pessoa que recebeu a Palavra de Deus de bom grado em seu coração há de frutificar grandemente. Seus frutos serão notórios a todos. A parábola da candeia vai falar justamente sobre essa visibilidade dos frutos, outrora escondidos em terra, em forma de pequenas sementes. A luz que brilha por meio de um cristão frutífero, será o tema deste estudo.

 


1 – A função da candeia – A candeia era a lâmpada dos tempos de Jesus. Na parábola, ela significa a luz de Deus que brilha por meio de quem realmente teve uma experiência pessoal com Jesus, e frutificou no seu caminho. Sua vida vai manifestar um brilho especial que sinaliza ao mundo ter-se descoberto o caminho da paz, da alegria e da fé, que as pessoas tanto procuram.

 


O papel da Palavra de Deus no coração do homem é justamente este: o de tirá-lo da senda tenebrosa do ódio e da amargura, para colocá-lo nas veredas de luz, que só o amor divino pode oferecer. Uma vez que a pessoa teve essa experiência, e vai crescendo mais e mais no conhecimento do Evangelho, a luz de Cristo no seu interior, na mesma proporção, vai brilhando cada vez mais, iluminando o caminho para aqueles que ainda se encontram nas trevas (Jo 1: 4-5; I Jo 1:5-7).

 


2 – A posição da candeia – O texto diz que a candeia não vem para ser deixada em um lugar qualquer da casa, e sim no velador, para iluminar a todos. Ela sempre se posicionava de forma estratégica para iluminar eficazmente a toda a casa. Ficava em lugares altos e não ocultos. 
Jesus está dizendo que, aquele que teve uma experiência genuína com o Pai, também será por Ele posicionado em lugares estratégicos. A pessoa que está crescendo em maturidade por causa da semente plantada no coração, será uma abençoadora de vidas. Ela terá condições de beneficiar um número maior de pessoas, iluminado-as com a luz do Evangelho que emana do seu interior.

 


Quem nos posiciona em lugares altos é o próprio Senhor, que conhece o nosso coração e sabe que ele tem frutificado. O Seu desejo é de salvar o mundo perdido, e o fará por meio daqueles que forem fiéis na administração da semente bendita plantada no interior. Aquele que é fiel no pouco, sobre o muito será colocado (Mt 25.23).

 


3 – A manifestação da candeia – Jesus disse que nada está encoberto, senão para vir à luz. Assim como uma semente permanece oculta por um certo tempo, após ter sido semeada na terra, permanece encoberta a Palavra plantada no coração. Como a semente que vem para fora no seu devido tempo, por causa do crescimento, assim acontece com a semente divina, quando começa a revelar-se ao mundo por meio do amadurecimento cristão.

 


Aquele que a tem recebido em seu coração, pela fé, mais cedo ou mais tarde, terá a alegria de ver sua manifestação aos homens, por meio de um fruto, por ela gerado na unção do Espírito Santo (Gl 5:22-24).

 


4 – A condição para manifestação da candeia – Para que a luz venha a manifestar-se, é necessário que a pessoa, canal da luz, seja uma boa ouvinte da Palavra.
O solo que frutificou na parábola do semeador representa a pessoa que, antes de tudo, ouviu a Palavra e a recebeu, para depois poder frutificar. Antes da frutificação vem o receber, e antes do receber, o ouvir.

 


Como temos ouvido a Palavra da Graça? Não falamos do ouvir com os ouvidos naturais, e sim com os do coração. Todos os resultados esperados no amanhã dependem como atentamos, de forma sensível e receptiva, ao que Deus está falando hoje.

 


5 – A medida da candeia – Com que intensidade nós queremos ver a manifestação do brilho da Glória de Deus em nossas vidas? Onde achamos que Ele nos posicionará em Seu Reino? A resposta para estas questões depende de como nos debruçamos, de coração, ao que estamos ouvindo do Senhor.
As medidas de unção, revelação e autoridade espiritual, estarão no nível da intensidade da minha busca de crescimento e maturidade cristã. Se eu busco a Deus para ver o aperfeiçoamento de todas as áreas de minha vida, assim como o caçador busca de um tesouro escondido, Ele saciará minha fome, concedendo-me mais e mais do brilho da Sua glória (Jr 29:13 e 33:3).

 

 

Conclusão: A Palavra escondida num coração temente a Deus não pode ocultar-se por muito tempo. Naturalmente, ela se manifesta revelando a todos a luz de Cristo que ilumina o mundo.

Busque uma oportunidade para manifestar a luz que há em você. Peça que o Senhor lhe mostre uma pessoa que se encontra confusa em seus caminhos, e aproxime-se para ministrar ao seu coração.

Creia que o Espírito de Deus o ajudará a ser um conselheiro eficaz.


E, se você ainda não recebeu esta luz maravilhosa em seu coração, faça agora um aliança com Jesus Cristo e a luz brilhará de seu interior.






Voltar