Apostilas | Vencendo a solidão | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  Vencendo a solidão

Vencendo a solidão

"E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora idônea para ele." (Gênesis 2:18)

 

 

Existem 2 tipos de solidão:

 

 

Isolamento emocional: Produzido pela falta de uma relação profunda e emocionalmente satisfatória. Por exemplo: Quando não há comunhão no casamento.

 

 

Isolamento social: Gerado pela ausência de um círculo de amigos ou afastamento da convivência social.

 

 

Porque as pessoas são solitárias?

 

 

- Dificuldades pessoais de fazer ou conservar amigos;

 

- Falta de confiança em sim e nos amigos;

 

- Falta de confiança em si mesmo e nos outros;

 

- Rejeição por parte de pessoas ao redor;

 

- Mudança de residência;

 

- A morte de uma pessoa amada;

 

- Namoro desmanchado ou divórcio;

 

- Ser um líder importante;

 

- Ser um aposentado;

 

- Problemas de relacionamento com os pais;

 

- E principalmente a falta de deus.

 

 

Sentir solitário, é sentir desligado. A solidão não é necessariamente estar só, a solidão é sentir só. Infelizmente existem muitas pessoas que embora vivam rodeadas de muita gente, são solitárias, pois se sentem sós.

 

 

I. As raízes da solidão

 

 

Companhia idônea: (Gênesis 2: 18) - E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora idônea para ele. Deus sabia que Adão tinha uma necessidade que requeria uma relação íntima, por isso Ele criou Eva, uma companheira complementar. Isolamento de Deus: (Gn 3:1-24), Com o pecado Adão e Eva acharam-se logo, separados de Deus e um do outro. A intimidade foi destruída, porque a integridade fora perdida. A solidão tem raiz na falta de intimidade. (Intimidade= Relacionamento aberto, verdadeiro, de cumplicidade, de companheirismo, de sinceridade).

 

 

II. O Remédio para a solidão:

 

 

Intimidade com Deus: A vida sem Deus é vazia e sem esperança. Precisamos ter comunhão com Deus, pois há certo vazio no coração do homem que somente é preenchido pelo Espírito Santo. Não adianta possuir família estruturada, estabilidade financeira, riqueza, bom emprego; se não tiver vida com Deus. Como podemos estabelecer relações íntimas com Deus?

 

 

Tudo começa quando aceitamos o convite de Deus para permanecermos na videira. (João 15:1-7) - "Se permanecerdes em mim ... ;"

 

 

(Mateus 28:20) - Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.

 

 

III. Princípios práticos:

 

 

a) A solidão é um estado que, simplesmente, não podemos evitar. Ela é natural, tendo em vista o estado da natureza humana e da sociedade em que vivemos. Qualquer um pode passar por momento de solidão. Contudo, o cristão não vive em solidão, pois ele se refugia em Deus e vence toda solidão, muitas das vezes causada por uma perda, tristeza, decepção, má notícia, etc. (2 Co 4:8-10)

 

 

b) Temos que enfrentar a solidão para podermos superá-la. Jamais devemos nos entregar a solidão, portanto por mais que os sentimentos nos chamem para nos isolarmos, nos fecharmos para o mundo, devemos reagir. Para superar a solidão é necessário falar sempre com Deus e não se afastar das pessoas.

 

 

c) Muitas das vezes nós mesmos somos responsáveis pela nossa solidão. Sendo assim, é necessário identificar a causa primordial da nossa solidão, para podermos traçar um plano específico de ação.

 

 

d) A intimidade, que é a solução para a solidão, deve ser construída a partir de uma iniciativa nossa. Busque amizade sincera. 






Voltar