Apostilas | Servir de corpo, alma e espírito | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  Servir de corpo, alma e espírito

Servir de corpo, alma e espírito

"Não sabei vós que sois templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós é sagrado" (1Co 3:16) Introdução: Nós fomos criados a imagem e semelhança de Deus (Gn 1:26). Somos feitura sua, criados para o louvor da sua glória. Deus colocou em nós o fôlego de vida e fomos criados para sermos sua habitação. Ele fez tudo isso para vir morar dentro de nós. Portanto, nosso corpo deve refletir a santidade d'Ele. Para isso acontecer temos que cuidar de nosso corpo com zelo.

 

 

Vejamos as posturas que precisamos ter:

 

 

1 - Ter cuidado com nossas atitudes

 

 

a) Com o que vemos - "A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz" (Mt 6.:2) O nosso olhos são a porta de entrada da nossa alma, eles fotografam as imagens e guardam na mente. Precisamos vigiar, pois como nova criatura, temos a mente de Cristo e ela poderá ser contaminada se não andarmos em vigilância. "..., nós temos a mente de Cristo" (1 Co 2:16)

 

 

b) Com o que ouvimos - Podemos ter a alma contaminada através da audição. Vigilância e selecionar ao que submetemos os nossos ouvidos, é necessário - "a fé vem pelo ouvir..." (Rm 10:17)

 

 

c) Com o que falamos - Nossas palavras devem ser equilibradas e conduzidas pelo Espírito Santo, para que sejam edificadoras para quem as ouve - "A nossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um" (Cl 4.6)

 

 

d) Com o que fazemos - Nossas atitudes revelam quem somos - "Sabei isto, meus amados irmãos, mas todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus. Pelo que, rejeitando toda a imundícia e superfluidade de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar as vossas almas. E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos" (Tg 1:19-22)

 

 

2 - Cuidar da estética corporal

 

 

Se somos templo de Deus, precisamos cuidar da saúde do corpo.

 

 

a) Na aparência - A nossa aparência reflete como estamos interiormente, isto é, a saúde da alma. Se andamos relaxadamente, de qualquer jeito, estamos desprezando o que Deus criou de uma maneira muito linda. Não é preciso viver comprando roupas para mostrar que se veste bem, mas saber vestir o que tem, com elegância, combinando as peças e estar sempre limpas e cuidadas.

 

 

b) Na higiene corporal - Cuidar da higiene do corpo, tomando banho diariamente, manter os cabelos limpos e tratados, escovar sistematicamente os dentes evitando assim o mal hálito. São hábitos externos que demonstram zelo pelo Templo de Deus e também um excelente testemunho como cristão.

 

 

c) No combate a obesidade - Precisamos entender que todo peso acima do proporcional ao nosso biótipo nos causa desconforto, cansaço, aumento da pressão arterial e aceleração cardíaca, o que pode acarretar partida para eternidade fora do tempo. É necessário recuperar a autoestima, vencer os complexos, os traumas, para que o nosso corpo reflita a glória de Deus. Vejamos o que o Ap. Paulo escreveu em 1 Ts 5.23: "E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, alma e corpo, sejam conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo".

 

 

3 - Ser exemplo em tudo

 

 

Como filhos de Deus devemos espelhar a sua glória, sendo Seus imitadores. - "Sede pois imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave" (Ef 5:1-2)

 

 

Fugir das obras da carne (Gl 5.19-21).

 

 

Conclusão: Somos filhos de Deus e precisamos refletir a Sua glória, não só em palavras, mas em atitudes que revelem o Deus que está em nós. Sejamos referencial de santidade a cada dia, sendo zelosos no que fazemos, no que falamos ou pensamos, buscando a santidade em amor, sendo exemplos em tudo, para glória de Deus.






Voltar