Apostilas | O sábio, o tolo e o malvado | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  O sábio, o tolo e o malvado

O sábio, o tolo e o malvado

Texto: “Aquele que muitas vezes é repreendido e endurece o coração, será quebrantado de repente sem que haja cura” (Provérbios 29:1)    

 

         
Até aqui temos caminhado com o propósito de fazer você uma pessoa mais equilibrada, consciente dos seus atos, ajuizada e principalmente mais temente a Deus. 

 


Este estudo, consideramos um dos mais importantes até aqui. Preste atenção! Não importa a idade que você tenha, pois este estudo é para todos aprenderem algo para a vida. Conseguir identificar o sábio, o tolo e o malvado em você e ao seu redor tornará sua vida melhor, seu tempo eficaz, e seus sonhos possíveis e realizáveis. Vamos, então entender quem é o sábio, o tolo e o malvado:

 


O Sábio - Sempre é bem vinda uma pessoa sábia! Na Bíblia ela é tida como uma pessoa cheia de qualidades. Vamos identificar as principais: 

 


1. Quando confrontado e repreendido ele te amará – “. . . repreende o sábio e ele te amará.” (Pv 9: 8) “Mais fundo entra a repreensão no prudente (sábio) do que cem açoites no insensato.” (Pv 17:10)

 

Qual a sua postura/reação quando alguém repreende você de forma justa? Qual a sua postura/reação quando alguém diz o que você precisa ouvir e não o que você quer ouvir? Seus amigos (as) tem liberdade de dizer a verdade para você? 

 


O sábio fica feliz quando repreendido. Ele sabe que isso fará dele uma pessoa melhor. Ele não fica triste com a repreensão, pelo contrário, ele tira proveito para mais um ensino de vida. 

 


2. Quando instruído fica melhor – “Dá instrução ao sábio, e ele se fará mais sábio ainda.”  (Pv 9:9). Ser sábio é estar sempre aberto para aprender. O sábio gosta de aprender. O sábio vai em busca do aprendizado. Para ele não existe a posição de “sabe tudo”. Ele ama o aprendizado. 

 


3. Ele é cauteloso – “O sábio é cauteloso e desvia-se do mal”(Pv 14:16) – Cautela, juízo, prudência, agir com inteligência são algumas das muitas características de pessoas sábias. Faça uma reflexão das suas últimas decisões. Como você agiu? Se tivesse pensado mais, teria tomado a mesma decisão? 

 


4. Ser companheiro dele é ser sábio – “Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos insensatos se tornará mau” (Pv 13:20)  Quais são suas amizades? Você se acha sábio ou insensato? Veja suas amizades e responda. Decida andar com pessoas sábias. Mediocridade atrai mediocridade. Insensatez atrai insensatez. Maldade, maldade. Conheço gente que anda anos e anos com as mesmas pessoas. Conversam as mesmas coisas. Sonham anos e anos e nada acontece.

 

Chamam isso de “fidelidade”, “amizade de longas datas”. Procure conhecer novas pessoas. Faça boas conexões. Pessoas sábias são bons conselheiros. Uma boa amizade influencia e muito. Um amigo sábio muito mais! Na companhia de um sábio, fale menos e escute mais!

 

 

O Tolo – Identificar o tolo em nós e nas pessoas ao nosso redor é uma das formas mais sábia de se viver a vida. Quem é o tolo”? Quais as suas características? 

 

 

1. Quando repreendido, sempre procura uma desculpa -  o tolo, o insensato nunca assume suas responsabilidades. Sempre foi culpa de alguém, alguma coisa, nunca dele mesmo. “O que repreende o escarnecedor (tolo) traz afronta sobre si . . . Não repreendas o escarnecedor (tolo), para que te não aborreça.” (Pv 9:7 e 8)

 


2. Quando repreendido com a verdade, o tolo fica triste – ao contrário do sábio, o tolo não cresce diante de uma verdade dita acerca dele. Pior de tudo, ele deixa de ser seu companheiro, ele não quer mais sua amizade. Por isso trate o tolo como tolo. 

 


3. Ele só é tolo, porque se acha sábio – A questão do tolo é que ele se acha mais sábio do que todas as pessoas. Enquanto o tolo não reconhecer que não sabe tudo e que é importante aprender;  não há esperança para ele. Eis a razão de está escrito: “Ao insensato (tolo) responde segundo a sua estultícia (tolice), para que não seja ele sábio.”(Pv 26:5) “Não fales aos ouvidos do insensato (tolo), porque desprezará a sabedoria das tuas palavras.” (Pv 23:9). Identificar o tolo, evita-se de perder tempo com conselhos, ensinos e instrução. O tolo sempre vai querer ensinar, nunca estará aberto a aprender. Porque se acha autossuficiente. 

 


4. O tolo não é capaz de lhe fazer mal, na verdade ele faz mal a ele mesmo – Ser companheiro de um tolo é perder tempo. Tolo anda com tolo, porque os dois se acham mais sábios do mundo.

 

Geralmente, ele não é uma pessoa violenta, mas com certeza é uma pessoa orgulhosa e prepotente. Identifique-o, evite-o. Não tente fazer de um tolo, um sábio. “Ao insensato não convém a palavra excelente.” (Pv 17:7). 

 


5. Nunca discuta com um tolo – “Quando um homem inteligente discute com um tolo, este somente ri, xinga e causa confusão.” (Pv 29:9) O tolo logo se revela pela sua insensatez. Ele logo mostra a sua raiva quando repreendido. Com certeza é fácil identificá-lo.

 

 

O Malvado – Esse tipo de pessoa deve ser evitada e denunciada. Para com eles, somente a polícia e os advogados. Características de pessoas malvadas: 

 


1. Geralmente são pessoas inteligentes – A inteligência para o mal é realmente um grande mal. Geralmente são possessivas, dominadoras, grosseiras e ciumentas. Geralmente são doadoras por algum interesse. “Filho, se homens perversos quiserem tentar você, não deixe . . . filho, não ande com gente dessa laia. Fique longe deles.” (Pv 1: 10 e 15). Eis a razão de se livrar o mais rápido possível de pessoas como estas. 

 


2. Ele sofre o próprio dano – “Deixe a pessoa de mau gênio sofra as consequências disso, pois, se você a ajudar uma vez, terá de ajudar de novo” (Pv 19:19) “. . . a desgraça acaba com os maus.” (Pv 24:16) – Não tente ajudar um malvado. Primeiro porque ele não quer, segundo porque a própria maldade será o pagamento dele. Não se trata de se irar, ter raiva, e sim de ter cautela e prudência.

 

Com o malvado, Deus trata. “O assassino (malvado) cava muito depressa a sua própria sepultura; não tente fazê-lo parar.” (Pv 28:17) 

 


3. Nunca confronte com o Malvado – “Vocês ouviram o que foi dito: “Olho por olho, dente por dente. Mas eu lhes digo: não vinguem dos que fazem mal a vocês . . .” (Mt 6:38 e 39) Eles não tem nada a perder. O malvado não valoriza a vida. Confrontar o malvado é trazer problema para si.

 

 

Conclusão: Tenho certeza que, se colocados em prática os conselhos acima ajudarão em muito a sua vida. Faça bom uso!






Voltar