Apostilas | O cuidado com o corpo e com o espírito | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  O cuidado com o corpo e com o espírito

O cuidado com o corpo e com o espírito

Texto: "Não sabei vós que sois templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós é santo" (ICo 3:16).

 


Introdução: Nós fomos criados a imagem e semelhança de Deus (Gn 1:26). Somos feitura sua, criados para o louvor da sua glória. Deus colocou em nós o fôlego de vida e fomos criados para sermos sua habitação. Ele fez tudo isso para vir morar dentro de nós. Portanto, nosso corpo deve refletir a santidade d'Ele. Para isso acontecer temos que cuidar de nosso corpo com zelo.

 


Vejamos as posturas que precisamos ter:

 

 

1 - TER CUIDADO COM NOSSAS ATITUDES 

 


a - Com o que vemos - "A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz" (Mt 6:22)

 

O nosso olhos são a porta de entrada da nossa alma, eles fotografam as imagens e guardam na mente. Precisamos vigiar, pois como nova criatura, é claro temos a mente de Cristo, porém ela poderá ser contaminada se não andarmos em vigilância. "nós temos a mente de Cristo" (I Co 2:16)

 


b - Com o que ouvimos - Podemos ter a alma contaminada através da audição. Precisamos vigiar para selecionar ao que submetemos os nossos ouvidos. Lembre-se que "a fé vem pelo ouvir..." (Rm 10:17)

 


c - Com o que falamos - Nossas palavras devem ser equilibradas e conduzidas pelo Espírito Santo, para que sejam edificadoras para quem as ouve - "Não saia de vossa boca nenhuma palavra torpe; e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem (Ef 4:29)

 


d - Com o que fazemos - Nossas atitudes revelam quem somos - "Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém a santos; nem conversação torpe, nem palavras vãs ou chocarrices, coisas essas inconvenientes; antes, pelo contrário, ações de graças...Pois outrora éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor, andai como filhos da luz (porque o fruto da luz consiste em toda bondade, e justiça, e verdade), provando sempre o que é agradável ao Senhor." (Ef 5:3-12)

 

 

2 - CUIDAR DA ESTÉTICA CORPORAL

 


Se somos templo do Espírito Santo, precisamos cuidar da saúde do corpo.


a - Na aparência - A nossa aparência reflete como estamos interiormente, isto é, a saúde da alma. Se andamos relaxadamente, de qualquer jeito, estamos desprezando o que Deus criou de uma maneira muito linda. Portanto, o nosso vestir deve ser nobre, decente, discreto, isento de sedução. Não é preciso viver comprando roupas para mostrar que se veste bem, mas saber vestir o que tem, com elegância, combinando as peças que devem estar sempre limpas e cuidadas. Também precisamos cuidar para não usar roupas que despertem a sensualidade, conforme está escrito: “Tudo é lícito, mas nem tudo convém”, trazendo assim através da decência, o respeito. 

 


b - Na higiene corporal - Cuidar da higiene do corpo, tomando banho diariamente, manter os cabelos limpos e tratados, escovar sistematicamente os dentes evitando assim o mal hálito. São hábitos externos que demonstram zelo pelo templo de Deus e também um excelente testemunho como cristão.

 


c - No combate a obesidade - Precisamos entender que todo peso acima do proporcional ao nosso biotipo nos causa desconforto, cansaço, aumento da pressão arterial e aceleração cardíaca, o que pode acarretar partida para eternidade fora do tempo. É necessário recuperar a auto-estima, vencer os complexos, os traumas, para que o nosso corpo reflita a glória de Deus. Vejamos o que o apóstolo Paulo escreveu em 1 Ts 5:23: "E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, alma e corpo, sejam conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo".

 

 

3 - SER EXEMPLO EM TUDO

 


a - Fugir das obras da carne e andar no espírito (Gl 5:19-25).


b - Como filhos de Deus devemos espelhar a sua glória. "Finalmente, irmãos, nós vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus que, como de nós recebestes, quanto a maneira por que deveis viver e agradar a Deus e efetivamente estais fazendo, continueis progredindo cada vez mais...pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição, que cada um saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia...porquanto Deus não vos chamou para a impureza e sim para a santificação. Dessarte, quem rejeita estas coisas não rejeita o homem e sim a Deus, que também vos dá o seu Espírito Santo". (I Ts 4:1:8) 






Voltar