Apostilas | Multiplicando pães e peixes | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  Multiplicando pães e peixes

Multiplicando pães e peixes

Texto: Mateus 15:32-39 - Este texto relata um milagre que não encerrou. Não foram apenas aquelas pessoas, que estavam ali diante de Jesus que se alimentaram, pois ainda hoje, multidões sem conta, têm experimentado este milagre, sendo alimentadas e fortalecidas por esta palavra. Naquela ocasião, muitos foram fisicamente e espiritualmente alimentados por Jesus, mas ainda hoje espiritualmente o Senhor continua alimentando multidões.

 

 

1. Um maravilhoso paralelismo. Que milagre maravilhoso! Veja como nele está contido um tremendo paralelo, o símbolo do maior milagre que Deus estava para realizar. Era um alimento simples, mas que satisfez ao povo. É um alimento que todos têm acesso e podem experimentar de graça. Ah! Que bela representação da obra salvadora de Deus, da própria missão e pessoa de Jesus que veio para suprir a maior necessidade do homem. Alguém deu o que tinha: o pão e o peixe. O alimento foi multiplicado, todos que estavam diante de Jesus foram alimentados. Pense no peixe que morre para tomar-se um alimento e no pão, que é um alimento universal, o que isso representa? Representa que a morte de Jesus, (peixe) serviu para a salvação de todo universo (Pão), e ainda sobra. Foi assim. Deus deu seu filho, Ele é o pão vivo que desceu do céu, Ele morreria para dar vida a todos no mundo, seria suficiente para todos. Aquela multidão alimentada foi apenas uma amostra da multidão do mundo inteiro, que experimentariam este milagre. Todos que O ouvirem e estiverem diante dele, têm esse alimento.

 

 

 

2. O Deus da provisão e do impossível. As múltiplas e as variadas formas como Ele cuida e supre todas as necessidades dos seus servos. Não é porventura desafiador e tentador pensar que, o Deus que pôde multiplicar alimentos, bem poderia realizar este milagre hoje para sustentar uma multidão que no mundo está a padecer de fome? Deixo você livre para refletir mais a este respeito. Palavra de consolo a você que serve a Deus está implícito aqui e a encontramos no Salmo 37:25, que aquele que serve a Deus terá sempre suprida todas as suas necessidades. Também uma exortação, pois parece que, sempre que os milagres não se fazem necessários, Deus usa os meios naturais para suprir as necessidades das pessoas e Ele nos tem convocado para esta nobre tarefa. Somos desafiados a dar alimento ao povo, espiritual e físico, esta é nossa responsabilidade: cuidar do homem integralmente. (Gálatas 6:6-10). A tarefa espiritual é prioridade, mas a física não pode ser esquecida. O Senhor nos diz: "Dai-lhes vós de comer". Esta é nossa responsabilidade. Devemos cuidar dos necessitados, sejam as necessidades espirituais, físicas ou emocionais. Veja bem, esta não é a responsabilidade de Deus. Aqui, Ele não criou, nem trouxe o pão à existência, Ele multiplicou, a partir do que lhe deram. E ainda hoje, Ele quer fazer isto, Ele mesmo nos deixou o exemplo.

 

 

 

3. O que cuida e alimenta Espírito, Alma e Corpo. Ele não só deu o pão, mas também a Graça, Ele diz que não é só de pão que o homem viverá, mas também de Sua Palavra. E neste acontecimento, primeiro Ele fala ao espírito e depois alimenta o corpo. Atente bem para este fato, é sempre nesta ordem. Busca-se primeiro o reino de Deus e as demais coisas são acrescentadas. Ele sempre alimenta o espírito para depois alimentar o corpo, mas QS dois estão sempre na perspectiva de Deus, nenhum é esquecido embora haja esta ordem.

 

 

 

Conclusão: Creia, abençoado(a) que você pode ser alimentado pelo Senhor. Qual sua visão? Qual tem sido sua missão? Você tem sido alimentado? Você tem se alimentado? "Dai-lhe vós de comer" é uma ordem. 






Voltar