Apostilas | Enfrentando ventos contrários | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  Enfrentando ventos contrários

Enfrentando ventos contrários

Texto: Marcos 6:45-52

 


Introdução: Estudaremos sobre as razões que procuram impedir as pessoas de chegarem ao outro lado dos seus desafios cotidianos. A Palavra de Deus quer nos mostrar o caminho da superação dos obstáculos.

 

1- Esforçando-se para chegar do outro lado.


Jesus havia acabado de realizar um grande milagre: o da multiplicação dos pães. Ao sentir desejo de orar, pediu aos discípulos que subissem em seus barcos e passassem adiante, para o outro lado, a Betsaida. Não contavam, porém, com os fortes ventos que lhe sobreviriam, impedindo-os de cumprir sua missão. Em algumas ocasiões da vida sentimos que a experiência dos discípulos, de alguma forma, nos parece comum. A adversidade que se levanta quando temos objetivos, metas e alvos estabelecidos, parece tão forte a ponto de quase destruir nossa embarcação.

 

 

2- Contando com a ajuda sobrenatural.

 


É maravilhoso perceber como Jesus honrou o esforço dos discípulos, mesmo eles tendo agido sem direção espiritual, pois jamais deveriam ter deixado Jesus sozinho, o texto bíblico cita que Ele os viu fatigados a remar e, então, levantou-se para ajudá-los a passar para o outro lado. A forma da providência divina também não se deu de maneira natural. Ele foi ao encontro deles, andando sobre as águas. Jesus se levantou para ajudá-los a passar para o outro lado, assim como se dispõe a ajudar-nos a enfrentar nossos desafios. Se for necessário, o sobrenatural entrará em operação para nos auxiliar a chegar do outro lado (Mateus 28:20).

 

 

3- Passando para o outro lado.

 


O Mestre entendia que os discípulos precisavam de ajuda, não apenas para chegar a Betsaida, mas, principalmente, para passar ao outro lado do entendimento espiritual. Observe que quando Jesus os viu dentro do barco, eles estavam atônitos. A razão se devia ao fato de que eles ainda não haviam compreendido o milagre da multiplicação dos pães. Ora, se não entendemos o primeiro milagre, como entenderemos o segundo? Se não subimos o primeiro degrau, como queremos alcançar o último? Assim os discípulos se encontravam quanto às questões espirituais. Jesus sabia que precisava levá-los, não apenas a um lugar geográfico, mas a um novo patamar de entendimento espiritual que os fizesse amadurecer em Deus.Precisamos dar passos firmes, rumo ao crescimento espiritual. 

 

 

Conclusão: Não se desanime ao perceber que os ventos contrários insistem em bater contra a sua embarcação. Se o que você faz está dentro do que Deus quer para a sua vida, certamente a provisão sobrenatural virá para o ajudar. O Senhor ama vir ao seu encontro para auxiliá-lo em suas lutas. Lembre-se, porém, que mais importante do que atingir metas quanto à faculdade, profissão, casamento, casa própria, e afins, é necessário crescer espiritualmente. Subir novos degraus de maturidade rumo à perfeição em Cristo.

 

Aplicação: Cremos que nesta semana você poderá ajudar alguém a superar seus desafios. Busque direcionamento divino para que Ele lhe indique alguém desanimado que necessite de fortalecimento. Vá ao seu encontro para encorajá-lo com palavras de fé. Ajude-o a crer em Deus a despeito das adversidades.






Voltar