Apostilas | Atos dos apóstolos | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  Atos dos apóstolos

Atos dos apóstolos

Após a morte e ressurreição de Jesus, os apóstolos começam a anunciar o Cristianismo para os Judeus. Embora a Graça ainda não tivesse sido revelada para eles, todos os seus atos foram escritos pelo médico Lucas, que sem parcialidade alguma escreveu tudo o que ele viu. O livro de Atos não pode ser considerado um livro do pacto da Graça, pois, apenas relata as obras dos apóstolos.

 

Contudo, o livro de Atos tem muitas coisas interessantes. Vamos verificar algumas delas.

 

1) BATISMO COM ESPÍRITO SANTO

 

At 2: 1-13 "E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna?"

 

Nota: No batismo com o Espírito Santo no dia de pentecostes, todos que ali estavam, falaram em línguas de outros países, e não em línguas que ninguém entendia.

 

2) A CONSTANTE ORAÇÃO DA IGREJA

 

At 12:1-19 "Pedro, pois, estava guardado no cárcere; mas havia oração incessante a Deus por parte da igreja a favor dele”.

 

Nota: Embora sem o conhecimento da Graça de Deus, na época dos apóstolos de Jesus, a igreja era muito mais unida, em favor dos propósitos do ministério. Os membros semeavam e congregavam mais, se doando para as coisas de Deus.

 

3) TIAGO INCITA PAULO A GUARDAR A LEI

 

At 21:17-28 "Faze, portanto o que vamos dizer: Estão entre nós quatro homens que voluntariamente, aceitam voto; toma-os, e purifica-te com eles ... "

 

Nota: Embora recebessem o ministério do apóstolo Paulo de pregar aos gentios, os judeus não conseguiam aceitar a não pregação de obras de lei para este povo.

 

Conclusão: Embora o livro de Atos esteja escrito já no pacto da Graça, devemos compreender que ele relata apenas os atos que os Apóstolos praticaram, sem qualquer opinião ou interferência do autor. O que Lucas viu ele escreveu, sem julgar se era certo ou errado. 






Voltar