Apostilas | As quatro faces da visão | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  As quatro faces da visão

As quatro faces da visão

Você sabia que cada livro do evangelho foi escrito por um discípulo para um determinado povo?

 


Mateus – Jesus é descrito como o Leão de Judá – Foi escrito para os judeus;

 

Marcos – Jesus é descrito como o Grande Servo – Foi escrito para os romanos;

 

Lucas – Jesus é descrito como o Filho do homem – Foi escrito para os gregos;

 

João – Jesus é descrito como o Divino Filho de Deus – que veio do céu – Foi escrito para a igreja

 

Para que o cristão viva como mais que vencedor é necessário que ele tenha visão, ou seja, metas e atitudes; decisão e ação. Uma pessoa de visão enxerga além do natural, além dos montes, sabe onde quer chegar.

 

Vejamos quatro características comportamentais para um êxito completo na vida do discípulo:

 

 

 1 – Face de leão – Através de Jesus recebemos o poder que emana do seu nome. 

 


– Recebemos poder para vencer todas as barreiras desta vida.

 


- É hora de liberar o leão que está retido em seu interior, sua força interior.

 


– Todo poder foi dado ao Sr. Jesus (Leão da Tribo de Judá), que habita em nós.

 


– Deus nos deu autoridade de governo. Esta autoridade é inerente a todos os que receberam a Jesus e foram feitos filhos de Deus. Atos 1:8 “E recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo...”

 


2 – Face de um servo – “..., quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva” (Mt 20-20-28)

 


– Pela força de servir temos o crescimento! Somente aqueles que servem serão grandes homens e mulheres de Deus. Certamente você conhece muitos que estão conosco na Graça de Deus, mas nem todos receberão a mesma recompensa de Deus, pois alguns estão aqui para serem servidos, e não para servir, não querem ter trabalho, não querem compromissos, mas outros doam a sua vida em amor do próximo. Certamente, o que serve recebe um grande tesouro tanto neste mundo quanto na vida provir, enquanto o que apenas é servido, deve dar graças a Deus se conseguir permanecer na fé até o fim de sua vida. Temos que ter força e determinação para trabalhar e servir. Temos que nos lembrar que fomos chamado para servir. O servo não procura posição ou status, não busca nenhuma glória, cumpre o seu propósito – Servir.

 


3 – Face de homem – Jesus foi o maior exemplo de relacionamento. Deu a própria vida, o seu sangue pelo resgate de muitos - “Eu neles, e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade...” Jo 17.23

 


– Preciso ser o que sou, uma pessoa normal, uma pessoa de relacionamentos. Não podemos ser como os hebreus que não evoluíram. (Hebreus 5:11-14) Eles se portavam como carnais como crianças na parte espiritual. Contudo, isto não significa que não podemos ter sentimentos humanos. Jesus teve todos os sentimentos de homem – Hb 2.18 Ele dormiu no barco porque estava cansado. Ele se deu o direito de descansar, curtir, alegrar, viver em família, ter qualidade de vida é direito seu.

 


– Somos diferentes por vivermos a fé, mas somos normais! 

 


4 – Face de uma águia – A águia pertence ao céu, somos um povo celestial, um povo de visões amplas, de larga compreensão. Estamos assentados com Cristo nas regiões celestiais – Ef 2.6. Somos criados para ter comunhão com Deus. Ninguém conquista a terra, até que conquiste as regiões celestiais, ou seja, que saiba que é um ser celestial e que veio a este mundo para dominar e para estar acima de todas as coisas como faz a águia que só desce a terra quando tem certeza da captura de sua presa.

 


– Toda intercessão acontece nas regiões celestiais. “Orando no espírito” (Ef 6.18)

 

 

Conclusão: Aprendemos que para uma visão ser bem sucedida ela precisa destas quatro faces.

 

Lembre-se: tudo o que vimos aponta para Jesus. É Ele o nosso modelo para conquista. Ele venceu a oposição, a cruz, a morte. Muitos querem ser bem sucedidos sem Jesus. Porém, qualquer conquista depende exclusivamente de um compromisso com o Rei dos Reis e Senhor dos Senhores: Jesus Cristo. 






Voltar