Apostilas | Ambiente favorável para o crescimento | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  Ambiente favorável para o crescimento

Ambiente favorável para o crescimento

Texto: II Pedro 3:18

 

 

Introdução: O apostolo Pedro escreveu esta carta aos irmãos que se encontravam em várias regiões da Ásia Menor. Esta carta foi escrita mais ou menos 65 a 68 a.C. No final desta carta Pedro exorta os irmãos a crescerem na graça e no conhecimento de Cristo. A preocupação dos irmãos deveria ser em crescer em Cristo. Quando pensamos em crescimento, podemos imaginar uma planta. As plantas precisam de um ambiente favorável para o crescimento. Nós também precisamos construir um ambiente que favoreça o nosso crescimento espiritual. Nenhuma semente produzirá o máximo em um ambiente desfavorável. Nós como cristãos dificilmente iremos crescer espiritualmente em um ambiente desfavorável. A Palavra de Deus fala sobre ambientes favoráveis e desfavoráveis para o crescimento espiritual. (Mateus 13:1-23)

 

 

I – A PALAVRA DE DEUS É A PRECIOSA SEMENTE

 

 

O texto diz que o semeador saiu a semear. Mas o que ele estava semeando? A semente que o semeador estava semeando era a Palavra de Deus. A Palavra de Deus é a semente verdadeira. Todos os dias, Deus está lançando em nossos corações a sua Palavra. As vezes através de um irmão, louvor, uma mensagem e principalmente através da leitura da Bíblia. O semeador semeava a mesma semente em todos os tipos de terras. Mas se a semente era a mesma, porque que algumas frutificaram e outras não? Essa pergunta nos leva a refletir no subtema da nossa mensagem que é: Criando um ambiente favorável para o crescimento! Chegamos então à conclusão que o problema não está na semente, pois a semente é boa. Provérbios 30.5: Toda Palavra de Deus é pura.

 

Em Hebreus 4.12 está escrito: Porque a Palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

 

 

II – OS TERRENOS REPRESENTAM OS NOSSOS CORAÇÕES

 

 

Deus envia a semente a todos os corações. A semente é a mesma. Mas os terrenos são diferentes. Assim como há diferença entre os tipos de solos, existe também diferença em nossos corações. Vamos analisar agora os tipos de solos que as sementes foram lançadas:

 

 

1-  A beira do caminho: representa aqueles que ouvem a Palavra de Deus, mas não dá valor. Por isso, vem o maligno e tira a Palavra do coração. O coração da pessoa é tão duro, que semente não chegou nascer.

 

 

2-  Terreno pedregoso: representa aqueles que recebem a Palavra de Deus com alegria, mas não tem firmeza. Esse tipo de crença é superficial e não salva. Qualquer umidade que ali aparecesse evaporava-se rapidamente, e a semente germinada murchava e morria (Mateus 13:5-6).

 

 

3-  Terreno espinhoso: representa aqueles que ouvem a Palavra de Deus, mas vindo as dificuldades da vida, as preocupações, o amor pelas riquezas e pelos prazeres da vida se afasta de Deus. Elas até acham que a Palavra de Deus é o melhor, mas o amor pelo mundo não as deixa servir a Deus.

 

 

III – HÁ CRESCIMENTO AONDE HÁ UM AMBIENTE FAVORAVEL

 

 

O ambiente favorável é um coração disposto a pagar o preço para frutificar. A semente que é a Palavra de Deus, quando encontra um coração disposto a obedecer cresce e frutifica. Nós como cristãos muitas vezes dificultamos o nosso crescimento espiritual. Você dificulta o seu crescimento espiritual quando está com o coração tão duro que não é capaz de perdoar, ou quando estão com a mente cheia de desejos imorais. Você deve lutar e criar um ambiente favorável para o seu crescimento espiritual. Muitas casas estão mais parecendo terrenos pedregosos e espinhosos. Muitos pais têm criado ambientes que dificulta o crescimento espiritual dos filhos. Mas Deus hoje está nos convocando para criarmos ambientes que facilitam o nosso crescimento espiritual.

 

 

Conclusão: Jesus disse que remendo novo não combina com roupa velha, ou seja, não podemos ser cheios do Espírito Santo vivendo segundo a carne. O cristão não pode viver uma vida de aparência, ou somos da Graça de Deus ou não somos. Remendo novo em roupa velha não funciona; vinho novo em odre velho não combina.






Voltar