Apostilas | A falta de gratidão | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  A falta de gratidão

A falta de gratidão

Lucas 17:11-19 - “Não houve, porventura, quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro?”
              


Introdução: Em todos os tempos da bíblia encontramos pessoas ingratas. Mas será que gratidão e ingratidão vem do “berço educação”, ou será que vem do coração? É certo que a educação dos pais  neste aspecto é muito importante, pois os bons pais, ensinam aos filhos que devem sempre dizer: “Muito obrigado” , principalmente quando são agraciadas com algo, mas quando não existe a educação que vem do berço e um bom coração, encontramos leprosos e mais leprosos principalmente dentro das igrejas. Muitos repudiam os leprosos pela falta de amor que tiveram com Jesus, mas agem da mesma maneira com os familiares, com os colegas do trabalho, com os pastores da sua igreja, enfim, são iguais aos leprosos. 

 

 

Deus alerta que:

 

1 – Uma pessoa só se converteu quando passou a ter gratidão – “O coração deste povo está endurecido, de mau grado ouviram com os ouvidos e fecharam os olhos; para não suceder que vejam com os olhos; ouçam com os ouvidos, entendam com o coração, se convertam e sejam por mim curados.” (Mt 13:15)


Existem pessoas indiferentes à tudo que existe dentro da igreja. São pessoas que só pensam em si mesmas. Vão à igreja para não perderem a vida eterna e alcançar as bênçãos de Jesus. Existe uma seqüência citada por Jesus para a pessoa se converter e ser curada. Tirar o mau grado, ver, ouvir, se converter e ser curada. Quem não tem gratidão, nunca vai ver, ouvir entender no coração e ser curada.

 

 

2 – Amar quem te ensinou a verdade do evangelho – “Porque, ainda que tivésseis milhares de preceptores em Cristo, não teríeis contudo, muitos pais; pois eu pelo evangelho, vos gerei em Cristo Jesus”. (I Co 4:15)


Uma pessoa não conseguir enxergar que se não fosse o Bispo Emerson Viana ela jamais teria conhecido a Graça de Deus, é auge da ingratidão. Cerca de 99% das pessoas que dizem pregar a Graça, ou saíram do nosso meio, ou aprenderam a Graça através de nós. O ministério da CCAG não quer o monopólio da Graça, nem muito menos que outros não preguem a Graça; apenas queremos reconhecimento e gratidão, pois Deus não escolhe qualquer um, mas escolhe seus filhos.

 

 

3 – Os discípulos o abandonaram – “A vista disso; muitos dos seus discípulos o abandonaram, e já não andavam mais com Ele...” (João 6:66).
Os discípulos de Jesus que o seguiam em todos os lugares, e pareciam ter tanta gratidão, no fim deixaram Jesus e já não andavam mais com Ele.

 

 

4 – O verdadeiro amor - “Veio, pois, Jesus seis dias antes da páscoa, a Betânia, onde estava Lázaro, a quem ele ressuscitara dentre os mortos. Deram-lhe ali uma ceia; Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele. Então Maria, tomando uma libra de bálsamo de nardo puro, de grande preço, ungiu os pés de Jesus, e os enxugou com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do bálsamo.
Mas Judas Iscariotes, um dos seus discípulos, aquele que o havia de trair disse: Por que não se vendeu este bálsamo por trezentos denários e não se deu aos pobres? Ora, ele disse isto, não porque tivesse cuidado dos pobres, mas porque era ladrão e, tendo a bolsa, subtraía o que nela se lançava.”

 

(João 12:1-8). Judas disse que o perfume valia uns 300 denários (moeda de prata). Ele traiu Jesus por trinta. Imagine quanto valia aquele perfume. Mas mesmo tendo esse valor tão alto, Maria não fez questão de dá-lo a quem tanto havia feito por ela. João que escreve esse livro, foi o apóstolo que mais viveu. Isso porque ele amava muito a Jesus, pois quem ama e tem gratidão recebe longevidade.

 

 

Conclusão:Vivemos um mundo de ingratidão. Alguns por não terem recebido esta educação dos pais, outros por causa do coração duro. Mas você deve ser diferente. Viva a gratidão e receba uma vida muito abençoada.






Voltar