Apostilas | A autoridade espiritual | Comunidade Cristã Amor e Graça

 
 
  A autoridade espiritual

A autoridade espiritual

Referência: Romanos 13:1-7

 


O coração de conquistador é o de um homem que tem projetos de vida, que decidiu viver os sonhos de um líder que está acima dele. O coração de um conquistador é submisso a uma autoridade, para que não seja encaminhado pelo seu próprio desejo, pelo seu próprio coração, sentimento, pelas noções básicas da sua própria alma. Ele é alguém que reconhece e respeita a liderança. Ele sabe que há homens chamados por Deus, formados debaixo deste caráter e destes encaminhamentos para darem direções àqueles que se submetem a esses projetos de vida.

 


Abraão é um líder de coração conquistador, mas tinha um líder que o ensinava como caminhar, um líder de aliança que o ajudava a manter os níveis dos projetos colocados no seu coração, que o comprometia com alianças a cada passo da caminhada.

 


Se você quer ter um coração conquistador, precisa ser uma pessoa com o coração e caráter de alianças, sabendo que tem alguém ministrando sobre você. Temos vários níveis de liderança.

 

O coração do líder é aquele que se submete para ter liderados submetidos, que obedece para ter liderados obedientes. Abraão se submetia ao conselho do seu Senhor e por isso personificou a expressão "homem de fé", porque se submetia a um conselho sobrenatural. O próprio Jesus deu vários exemplos de líder submetido ao amor como no exemplo em João 13:1-20. Se quisermos conquistar no reino físico, vamos ter que assimilar os conselhos sobrenaturais.

 


Abraão se tornou um exemplo para nós e a Bíblia cita em Gálatas 3:6-9 que a mesma semente de Abraão, por causa de Jesus, está dentro de nós. É uma semente de fé e de encorajamento, é sobrenatural e incorruptível (1Pe 1:23). Não é uma semente humana, é divina, que está dentro de nós para assimilarmos as coisas divinas e trazermos para este espaço físico as coisas divinas.

 


Tudo que está registrado na Bíblia é importante, mas há um texto que nunca prestamos atenção nele: "Ora, seguia-o certo jovem envolto em um lençol sobre o corpo nu; e o agarraram. Mas ele, largando o lençol, fugiu despido" (Mc 14:51-52).

 


Por que esse texto está registrado na Bíblia? Porque o nome desse jovem era Marcos, o autor do livro.

 

Ele registrou essa passagem porque era um fato curioso. Ninguém mais estava interessado em quem estava despido no meio do povo, na hora em que Jesus estava sendo levado preso para um julgamento e, depois, crucificado. Mas, aquele jovem, por ter sido apanhado de surpresa, quis deixar registrado um momento inusitado da sua história.

 


O texto é fundamentalmente importante para tirarmos uma lição: a cobertura de um líder. Ninguém gosta de andar desprotegido e todos nós precisamos de cobertura. Isso significa cuidado, proteção e dá uma identidade firmada, segura e sólida.

 


Um líder pode dar a cobertura, mas o liderado pode desperdiçá-la. Por exemplo, talvez você conheça uma pessoa que estava bem na fé e agora passa por dificuldades na vida espiritual, porque desperdiça ou despreza a liderança e cobertura que tem.

 


Todas as pessoas que respeitam a liderança vencem as crises. Quando alguém sai da liderança, perde a segurança, fica vulnerável e quando algum problema acontece, não há um intercessor para segurar as rédeas por ele. Mas quem permanece firme crendo na sua liderança transforma sua vida e seus sonhos em realidade.

 






Voltar